Regulamento

1 – Participantes

Escritores já publicados ou não, a partir de 18 anos de idade (menores a partir de 16, deverão ter posteriormente a autorização dos pais, se vencedores).
Devem ser brasileiros (nascidos ou naturalizados).
Devem também se autodeclarar negros (pretos ou pardos).

2 – Inscrições

O romance deverá ser escrito em língua portuguesa, salvo expressões ou palavras de natureza estrangeira justificadas literariamente. Para participar do concurso, cada candidato deve seguir os seguintes critérios:
a) curtir a página da Rico Editora no Facebook, compartilhando a postagem de nossa convocatória literária:
(https://www.facebook.com/ricoeditora/); bem como seguir o instagram @ricoproducoesartisticas.
b) enviar e-mail para originais@ricoproducoes.com.br, com o título da mensagem “Inscrição para o Concurso Literatura é coisa de Preto”. Os romances concorrentes deverão estar em documento anexo à mensagem,
e não copiados e colados no corpo dela, sob pena de exclusão do autor inscrito. Os concorrentes participarão com quantos romances desejarem;
e) os textos deverão ser originais e inéditos em meio impresso;
f) o tema dos romances é livre. Entretanto, a(o) protagonista deverá NECESSARIAMENTE ser, também, negro. O não cumprimento dessa exigência resultará na exclusão do texto inscrito. Os autores deverão ficar atentos à correção e revisão estilística e gramatical de seus textos, sendo avaliados os critérios de liberdade artística quando se desviarem
propositalmente da modalidade escrita padrão da língua;
g) O arquivo com o romance a ser enviado anexo à mensagem por e-mail deverá ser inscrito sob pseudônimo, com o título da obra. No corpo da mensagem de e-mail, o concorrente deverá digitar: nome e sobrenome completo; lugar e data de nascimento; número de cédula de identidade (RG); pseudônimo; nome da cidade onde reside; número de telefone para contato (incluído número para WhatsApp); e-mail pessoal; pequena biografia com informações sobre o autor; fotografia do autor em arquivo no formato JPEG anexa à mensagem; novo arquivo em Word ou OpenOffice,
com autorização para publicação do livro, que deverá preencher:
“Eu,___________________, cédula de identidade número________, em caso de ser selecionado no Concurso Literatura é
coisa de Preto, autorizo a Rico Produções Artísticas a publicar meu livro intitulado____________, que poderá comercializá-lo e promovê-lo em qualquer meio, durante o prazo de dois anos, prorrogável por maior tempo em concordância de ambas as partes, respeitando a autoria da obra, bem como reservar a mim 10% do preço de capa de cada exemplar
vendido, conforme contrato que será celebrado.”

3 – DATAS DE INÍCIO E ENCERRAMENTO

Cada participante poderá inscrever seu romance (adulto ou infantil) a partir do dia 20 de novembro de 2021. A data de término do concurso ocorrerá no dia 20 de janeiro de 2022, sendo aceitas postagens por e-mail até às 23h59.

4 – SELEÇÃO

Os livros inscritos serão submetidos a uma seleção interna da Rico Produções Artísticas, que analisará, além dos critérios estilísticos e gramaticais acima mencionados, a criatividade, originalidade e a representatividade negra. Apenas uma obra será selecionada como vencedora do Concurso Literatura é coisa de Preto. O autor será avisado
pelo e-mail de sua inscrição sobre a seleção de sua obra.
A Rico Produções Artísticas poderá publicar outras obras não selecionadas no concurso em momento posterior, pelas quais procurará os respectivos autores para solicitar sua autorização, sob as mesmas condições de respeito à autoria e demais cláusulas apontadas acima sobre publicação e vendas.

5 – PUBLICAÇÃO DA OBRA SELECIONADA

A obra selecionada como vencedora do Concurso Literatura é coisa de Preto será publicada em formato físico sem que haja nenhum custo para o autor, sendo a editora responsável por todos os custos. A Rico Produções Artísticas publicará uma tiragem de, no mínimo, 100 exemplares para venda, além de dez exemplares a serem entregues ao autor.
A Rico Produções Artísticas será responsável pela edição, diagramação e capa dos exemplares do livro selecionado, recolhendo os exemplares não vendidos, que comercializará posteriormente em seus canais de venda, espaços físicos, feiras e bienais. A Editora não pagará ao autor quaisquer valores além dos 10% do preço de capa, ainda a ser definido, e apenas sobre o total de exemplares efetivamente vendidos.
A Rico Produções Artísticas pode decidir não selecionar nenhum dos textos, por ausência de critérios de qualidade suficientes.

Brasília, 20 de novembro de 2021
Janaina Rico Torres Berto
Editora-Chefe
Rico Editora